24/03/2021

Dias de peste chinesa.

Está um terror. Estou bastante nervoso com esta situação. Em casa sem fazer nada. Vendo ladrões e traficantes sendo soltos, Juíz sendo desmoralizado sujeito a ser preso por ter condenado os meliantes. Assisto a TV justiça e me envergonho ao ver 11 (onze) desnecessários desmoralizando o que deveria ser moralizado, a própria justiça. Conserto uma bobagem e paro desanimado. Ligo tv e desligo. Pego um livro e não consigo ler, lembro que tenho Augusto dos Anjos, folheio suas páginas, leio algumas poesias e me deparo com uma em especial. "Psicologia de um vencido" - Eu, filho do carbono e do amoníaco, Monstro de escuridão e rutilância, Sofro, desde a epigênese da infância, A influência má dos signos do zodíaco. Profundissimamente hipocondríaco, Este ambiente me causa repugnância... Sobe-me à boca uma ânsia análoga à ânsia Que se escapa da boca de um cardíaco. Já o verme — este operário das ruínas — Que o sangue podre das carnificinas Come, e à vida em geral declara guerra, Anda a espreitar meus olhos para roê-los, E há-de deixar-me apenas os cabelos, Na frialdade inorgânica da terra. - Fico mais deprimido. Abro youtube na tv e vejo as guerras púnicas do Amílcar e Aníbal Barca, vejo Napoleão, Alexandre Magno, os Vikings, Júlio Cézar, os Mongóis com Gengis Khan, os Czáres da Rússia, Pedro o grande me convence visitar São Petersburgo, a história dos Fenícios, Cartago, Roma, Egito, as Cruzadas, Ricardo coração de Leão, o grande Nácer Saladim com seu cerco a Israel, as guerras bizantinas, mulçumanos e califados árabes resultando nas tentativas de tomar Constatinopla. Cansei, estou cansado e me sentindo um inútil. Tempos sombrios estes. - Alberto Ribeiro Filho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário