18/11/2014

O DRAMA DO PLANALTO E DA ALVORADA.

O DRAMA DO PLANALTO E DO ALVORADA - A POLÍCIA FEDERAL ESTÁ PERTO. O problema maior da Petrobrás não é a corrupção, é a forma como ela se dá o que antes era edêmico tornou-se sistêmico, negócio de Estado, comandado de dentro dos gabinetes palaciano. Começou lá atrás em 2005 com a ida de José Sérgio Gabrielli a presidência da estatal. Tudo muito organizado, tesoureiro do partido do PT era o responsável da arrecadação dos porcentuais (3%) das diretorias devidamente escolhidas e nomeadas para o devido fim; roubar. Bilhões foram roubados. A presidente da república e seu ministro da justiça nada sabem das ações investigativas da PF. Tentam, os idiotas úteis e até mesmo em pronunciamento da presidência, colar a iniciativa das investigações a determinação da presidente, mas não cola esta bravata. Mas acreditem, os idiotas úteis acreditam que sim, é dela a decisão. Fazer o que? Como diz o cantor Lobão; "discutir com petista é o mesmo que jogar xadrez com pombo ..." Mas o certo é que eles estão assustados, roubaram e tem que acertar contas com a justiça cedo ou tarde. Agora os fanáticos da seita petista vivem postando notícias da investigação da Petrobrás como se fossem eles os aráutos da honestidade. Depois de doze (12) anos estão vendo que a máxima "crime não compensa" é verdadeira. O assalto que eles fizeram tem uma coordenação extremamente profissional comandada de dentro do PT sob os auspícios da presidência. Não devemos desacreditar na justiça, mas acreditar que ela seja isenta tá muito difícil, temos um STF medíocre partidarista no qual suas escolhas e nomeações se dá pelo mesmo critério que abona as nomeações dos diretores e presidentes das estatais. - tudo pelo partido - Por enquanto os seguidores da seita petista vão seguindo colar a imagem do seu líder maior a instituição ONU, pura megalomania, isto já aconteceu antes quando vibraram com o busto do idiota colocado nos jardins da instituição, provisoriamente e escolhido aleatóriamente como homenagem da semana aos países sul-americano. Não deu certo, não é que desta vez também vai dar. O lula é e sempre foi um homem desprovido de boas intenções, sempre foi um mau caráter que foi escolhido por uma elite midiática que tinha interesses puramente econômico, e ele, a bem da verdade aproveitou esta oportunidade para aperfeiçoar os seus malfeitos durante todos estes anos, enquanto seu partido criava sua imagem de homem público que ama os pobres. Um dia a justiça o alcança. Alberto. ___________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário