03/11/2010

Sobre o processo de eletrólise do alumínio

A eletrólise do alumínio

Charles Martin Hall, com 23 anos, em 1886 ele dissolveu a alumina em criolita (Na2AlF6) fundida a 1.000 oC Celsius para depois submeter a mistura a uma eletrólise, passando a fabricar alumínio por esse método. Hall fundou a Aluminum Corporation of America, empresa com a qual fez fortuna.

Coincidentemente, no mesmo ano, Paul-Louis-Toussaint Héroult jovem francês também com 23 anos, trabando independenteemente em seu país, chegou às mesmas conclusões que Hall. Por causa disso, o processo para a obtenção do alumínio utilizando a eletrólise é conhecido atualmente com Processo Héroult-Hall.

Genilson Pereira Santana
Bacharel em Química pela Universidade Federal de Viçosa (1990), mestre em Química Analítica pela Universidade Federal de Minas Gerais (1993) e doutor em Físico-Química pela Universidade Federal de Minas Gerais (1997).

Nenhum comentário:

Postar um comentário